Aos comentaristas


Devido uma avalanche de comentarios torpes e não identificados, decidimos que só aceitaremos comentarios devidamente identificados e que não contenham mensagens ofensivas, alias se comentar e se identificar, serão permitidas as ofensas. Quem quer debater, tem que ter coragem de se mostrar para que o debate ou critica seja fdemocratico! Okay cara palida?

segunda-feira, 13 de janeiro de 2014

Rejeição

Odeio ser rejeitado, mas qual a novidade nisso, existe alguem que curta rejeição?
Não importa quantos elogios recebo, sempre alimentarei minha gastrite com uma super atenção dispensada para aquela critica acida demais e negativissima. Não importa quantos beijos meus já foram roubados ou ganhei, sempre grilarei com aquela tabua levada, aquele copo d'agua no meu chopp escuro.

Toda a minha produção, tem se servido disso como alibi para os maiores erros já cometidos, usando a minha timidez, ansiedade e bebedeira como muletas. Mas quem consegue não ser ridiculo depois de dispensado?

Se até mesmo caras como Lennon, cairam na bebedeira, brigas em bar e outras confusões, por que toda essa cultura de que o homem forte, simplesmente não se importa?

Eu me importo. Não sei como dizer isso de uma maneira educada:
Provavelmente não me importasse tanto, caso não sentisse que isso a faz sentir-se importante.

E aqui tambem confesso, sou um esperançoso, nutro em cada palavra obtusa ou resposta enervante um possivel aceno. Como se lá do futuro um grande amor ou uma grande amizade nos olhasse, recordando o exato momento de nossos primeiros instantes...

Eu odeio ser rejeitado, parece que a caricatura que os meus complexos desenharam em meus pesadelos e medos, serve direitinho e no grau para me deixar para baixo.
Sabe um dia eu pensei que me importaria com coisas gigantescas, mas quase sempre é só sobre você ter me notado ao passar.


Nenhum comentário: