Aos comentaristas


Devido uma avalanche de comentarios torpes e não identificados, decidimos que só aceitaremos comentarios devidamente identificados e que não contenham mensagens ofensivas, alias se comentar e se identificar, serão permitidas as ofensas. Quem quer debater, tem que ter coragem de se mostrar para que o debate ou critica seja fdemocratico! Okay cara palida?

sexta-feira, 3 de janeiro de 2014

Até o verso inteiro e eu feio assim fora de ordem.

Inquieto com sua beleza, olhos de lago em pintura infantil
corpo de calor, perfume e luz...

Só diria isso e não teria dito o bastante, mas em mim ocorre
bastar-me apenas o que representa isso.

Areia do tempo correndo nos olhos do universo,
eu olho o céu e no sol é como se conseguisse ve-la.

Beijo a noite, como se pudesse alcança-la,
me tornando assim planeta, satelite ou meteoro.

Espaço iluminado por uma ideia simples,
domingo e passeio. Ela... Ela?

Lua de agosto, navegando em um oceano
de dias e documentos perdidos.

Laços de olá e adeus nos rodeiame partem,
alguns dizem coisas, como se fossem rezas...

Ainda me inquieta sua beleza, seu sorriso e olhar expressivo,
assim em cada verso fiz, em todo o verso recitarão teu nome.






Nenhum comentário: