Aos comentaristas


Devido uma avalanche de comentarios torpes e não identificados, decidimos que só aceitaremos comentarios devidamente identificados e que não contenham mensagens ofensivas, alias se comentar e se identificar, serão permitidas as ofensas. Quem quer debater, tem que ter coragem de se mostrar para que o debate ou critica seja fdemocratico! Okay cara palida?

quarta-feira, 29 de janeiro de 2014

aparelhando a poesia

Então um dia.
depois de sucessivos dias.

Na lagoa as crianças adulam o monstro,
paraiso parcelado, sacerdote sem pudor.

Publicaram seu crime,
contaram seu plano,

foi inutil.

O que para e comove,
custa bem pouco
cuida em ocultar.

Amanhã embrulha

o peixe fresco,
a fruta fresca,
a feira pra quem faz
e forra
o colchão da moça
dos classificados

Só mais um dia,
e o que se pode fazer é pouco,
melhor a comoda posição:

ouvir a bossa
falar de revolução.

A mocinha no filme parece me sorrir,
mas é cinema nacional

no brasil ninguem é mocinho.


Nenhum comentário: