Aos comentaristas


Devido uma avalanche de comentarios torpes e não identificados, decidimos que só aceitaremos comentarios devidamente identificados e que não contenham mensagens ofensivas, alias se comentar e se identificar, serão permitidas as ofensas. Quem quer debater, tem que ter coragem de se mostrar para que o debate ou critica seja fdemocratico! Okay cara palida?

sexta-feira, 6 de dezembro de 2013

Terror Vermelho

As ruas precisam retornar ao estado de terror,
que o terror vermelho
combata 
o terror branco
Meu coração agora cruza a rua,
vidro entreaberto, 
descuido é não se deixar notar
- cuido agora em apenas passar.

Bandeira vermelha, rosa no peito
pulsando sangue, medos e aspirações.

A rua precisa seguir,
por elas:
voce e eu.

As ruas precisam retornar ao estado de terror,
que o terror vermelho
combata
o terror branco
Mulher, escuta isso:

Eu desaprendi a amar,
o que não representa perigo.

Leve esse beijo,
um pedaço do meu olhar,
uma duzia de estrofes e esse refrão:

Eu estou apaixonado por uma mulher,
ela se chama;
Revolução.

Deviamos instaurar o terror vermelho,
da Revolução eu quero uma festa
terna e intensa como um beijo.

Nenhum comentário: