Aos comentaristas


Devido uma avalanche de comentarios torpes e não identificados, decidimos que só aceitaremos comentarios devidamente identificados e que não contenham mensagens ofensivas, alias se comentar e se identificar, serão permitidas as ofensas. Quem quer debater, tem que ter coragem de se mostrar para que o debate ou critica seja fdemocratico! Okay cara palida?

sábado, 16 de novembro de 2013

Um verso para uma felina figura solar.

Mente dourada e cabeleira solar,
sorriso de luz, lábios e lascívia.

Meu verão por fim começou,
dias antes do final da primavera.

Macacos jocosos fazem farra 
em teu jardim de bajuladores,
eu apenas escalo até tua janela:

Você é linda...

Recosto minha cabeça em teu ombro,
ao me aconchegar, em teu pescoço
roço minha barba,
enquanto penso o que vou te dizer.

Manhã florida, dia de sol ao sul...

Minhas palavras se reinventam
como se minha mente fosse capaz:

 de criar por si, 
um abcdario 
                 onde todas as palavras
     só falem de ti
Agora a imagem,
apenas tua anunciação.

Delírio cristalino,
corpo macio de femea nua,
reluzindo ao sol
pela fresta da janela 
no meu quarto.

Um oceano se derrama a cada instante que sorri,
universo iluminado pelo teu encanto,

A luz lunar torna em feixes de luz
o sereno que com a noite vem.

Da minha varanda vejo uma constelação distante,
ainda ali me faria pulsar a onda alegre 
que é o teu sorriso.

Você é linda moça,
eu te olho e é como se meu olhar ficasse rendido,
de súbito parassem a rotação e translação.

Fosse apenas luz,
você ainda seria luz
pois seguiria sendo o sol

ardendo em claridade
pensando enquanto ilumina.

Pois bem, uma parte de mim diz isso agora,
a outra metade tem certeza absoluta.

Mulher solar,
me faça entardecer.

Nenhum comentário: