Aos comentaristas


Devido uma avalanche de comentarios torpes e não identificados, decidimos que só aceitaremos comentarios devidamente identificados e que não contenham mensagens ofensivas, alias se comentar e se identificar, serão permitidas as ofensas. Quem quer debater, tem que ter coragem de se mostrar para que o debate ou critica seja fdemocratico! Okay cara palida?

segunda-feira, 25 de novembro de 2013

Fazer afastar

Assim como um poema
em que desde o inicio
eu já soubesse o título,

seus olhos atravessaram o jardim,
o parque, o apartamento e o jantar,
pararam por um instante,

como se cravassem as unhas na Terra
e o giro cessasse, assim foi naquele instante.

Meia luz todo o universo,
seu sorriso:

solar
solar
solar
solar

solar
solar
solar

Meia luz todos os cantos,
sua maneira de andar:

parece ser apenas luz, iluminação.

Meia luz a noite apenas,
no silencio sonoro das estrelas:

o barulho do seu riso parece uma magnetica explosão.

Seus olhos atravessaram o jardim,
o parque, o apartamento e o jantar,
pararam por um instante.

Acho que me olharam por um breve instante.

E era como se o meu olhar,
so existisse para aquele instante.

Preciso respirar,
espere um pouco apenas,
me permita:

preciso me afastar.

Moça voce é solar,
pedaço de entardecer
dentro de meu coração anoitecido.