Aos comentaristas


Devido uma avalanche de comentarios torpes e não identificados, decidimos que só aceitaremos comentarios devidamente identificados e que não contenham mensagens ofensivas, alias se comentar e se identificar, serão permitidas as ofensas. Quem quer debater, tem que ter coragem de se mostrar para que o debate ou critica seja fdemocratico! Okay cara palida?

sábado, 12 de outubro de 2013

Republica Inca

Seu olhar se encerrou diante do mar,
ao redor a cidade, por dentro as lembranças.
No bolso o bilhete, onde o destino pouco importa.
No final as serras e o sol.

Ela não sabe mais seu numero - nem precisa chamar.
Cabeleira loira, olhos vagos brilham, parecem apenas refletir
e se algum dia ela cogitar aquilo, acho que seria assim...
Seu olhar se encerrou diante do mar.

Enquanto isso, não saber é parte do jogo,
dificil perceber o quanto disso tudo esta presente,
desde a saudade e até mesmo o sorriso bobo.
Na capital de uma republica qualquer

Ela sabe que é mulher,
mas e ele onde pode estar?
Seu paradeiro se perdeu 
enquanto ela olhava o mar.

E quando acompanhada jura sincera e brava,
coisas que a noite sozinha vai negar.
Na capital de uma republica qualquer,
ela queria saber, onde ele esta.

Saia preta, batom vermelho, 
no espelho os dias passam toda manhã.
Ela é forte e um pouco triste a cada homem
pois sabe que toda esperança é vã.


Nenhum comentário: