Aos comentaristas


Devido uma avalanche de comentarios torpes e não identificados, decidimos que só aceitaremos comentarios devidamente identificados e que não contenham mensagens ofensivas, alias se comentar e se identificar, serão permitidas as ofensas. Quem quer debater, tem que ter coragem de se mostrar para que o debate ou critica seja fdemocratico! Okay cara palida?

terça-feira, 29 de outubro de 2013

Guerra Popular*

Acho que agora eles vestiram minha pele,
agora que eles vestiram minha pele.

Todas as pessoas são a mesma pessoa,
os grandes vultos festejam
a miseria nua de nosso tempo
expoem suas mentiras mais crueis

A propaganda oficial diz:
Nós somos a violencia.

Quando o conselho dos senhores se reuniu,
uma ágora liberal e anti-humana se instaurou

um deles levantou-se e ativou suas tropas de rua,
outro apenas declarou após matarem um trabalhador inocente:

Não é interessante que soldados sejam diplomados.
( Para o cão, basta o adestramento?)

Agora eles vão nos cobrir os rostos,
para que não sejamos mascarados.
Acho que entre o crime e a subversão
a violencia revolucionaria é uma especie linda de poesia.

E eu poderia ter saido de circulação,
faz pouco tempo desde a ultima investida,
quase capoto na volta pra casa.

Estou dizendo adeus, estou dando abraços,
não estou fazendo nada disso

Queria contar uma historia de amor,
mas faz um tempo vivo sonhando
com a chegada de uma guerra popular.

* cerco as cidades a partir do campo, teoria maoista.

Nenhum comentário: