Aos comentaristas


Devido uma avalanche de comentarios torpes e não identificados, decidimos que só aceitaremos comentarios devidamente identificados e que não contenham mensagens ofensivas, alias se comentar e se identificar, serão permitidas as ofensas. Quem quer debater, tem que ter coragem de se mostrar para que o debate ou critica seja fdemocratico! Okay cara palida?

sábado, 21 de setembro de 2013

alcool

Miguel de Cervantes,
ilha seca, sem barcos ou mulas,
deserto ensolarado e sem agua
a vida quer beber a luz e
o tempo quer alguma sorte.

Por toda parte
o que se vê é dor,
som e arte.

Moinhos de vento e beleza,
teu olhar é claro,
vastos são os jardins que contigo cultivaria
tua pele é como o Sol
tudo que em voce olho,
só vejo poesia.

Gondula lunar,
quero embarcar contigo até a lua
feche as portas
depois do banho, toalha e perfume
quero te ver nua.

Até os jardins, rendas e papos,
mais e ai se de tão linda
perto de voce eu sou calado,

não há em mim poema ou rima
qualquer coisa que traduza a poesia
que é voce, musa solar
mulher do sol
luz ainda maioor que o dia..

Eu sou poeta ao menos dizem:
tenho fama de viver e amar,

meu poema é sempre uma mulher
e decidi:

vou te cantar.




Nenhum comentário: