Aos comentaristas


Devido uma avalanche de comentarios torpes e não identificados, decidimos que só aceitaremos comentarios devidamente identificados e que não contenham mensagens ofensivas, alias se comentar e se identificar, serão permitidas as ofensas. Quem quer debater, tem que ter coragem de se mostrar para que o debate ou critica seja fdemocratico! Okay cara palida?

segunda-feira, 19 de agosto de 2013

Verso Abraço

Sei bem pouco das coisas,
desconfio de boa parte da vida.

Mas quando te vi, fiquei sabendo
e era como se o sol fosse uma brasa
e todo o resto pouco ou nada

por traz dos seu olhos
iluminado prisma se chamava o olhar.

Pouco sei, sei mesmo quase nada,
teu beijo é doce como a plavra doce
e doce e quente como a palavra tempestade.

Mas agora não é isso que quero dizer.

Essa noite quero um verso escrito e calado
quente e tentacular como um abraço

Moça, queria ser meu verso
meu verso deseja estar ao seu lado.

Nenhum comentário: