Aos comentaristas


Devido uma avalanche de comentarios torpes e não identificados, decidimos que só aceitaremos comentarios devidamente identificados e que não contenham mensagens ofensivas, alias se comentar e se identificar, serão permitidas as ofensas. Quem quer debater, tem que ter coragem de se mostrar para que o debate ou critica seja fdemocratico! Okay cara palida?

quinta-feira, 22 de agosto de 2013

Das Kapital

Não adianta pedir um conselho agora...
Joaquim costumava repetir isso enquanto via as coisas darem errado. No fundo a pior miséria de Joaquim era sempre estar certo. Só uma vez errou, todos acertaram ao pedir seu conselho - no fundo ele acreditava que não iam ouvi-lo.

Joaquim, sua mesa sempre vazia, seu copo com algo forte e o cigarro no bolso. Ele sempre tem mais que um plano de fuga, por dentro espera algum dia se exilar.

Quando atravessa uma rua se sente quase um Beatle... Usa chapéu as vezes, terno e calça jeans. Parece desaparecido politico, ativista ou personagem de filme Noir. Joaquim ama Roberto, mas Roberto é de outra organização, Joaquim não possui organização mas sente que é errado sentir aquilo por Roberto. As vezes enquanto dorme sonha com revoluções, antes de dormir lê algum capitulo daquele livro alemão, pensa, anota, liga a TV e adormece.

No fundo ele sente, saber até sabe, mas ele sente muito mais.

Não adianta pedir um conselho agora...
Repetia ao percorrer o trajeto de sua casa até a casa de Gabriela. Seus pés eram enganados pela memoria, seu pensamento queria ir ver Roberto.
Pouco importava Gabriela... Aquela pele bronzeada, aqueles cabelos queimados de sol e os passos um pouco afetados por outras bebedeiras, aquele vestidinho solto...

Vi Gabriela poucas vezes, sempre pergunto por ela, tem olhos felinos, não sei se azuis ou verdes. Ela não tem medidas de revista ou modos frescos, nada disso importa, quando ela sorri é como se dois pássaros voassem livres e ela fosse um horizonte.

Mesmo que houvesse uma festa, ataque nuclear ou uma simples proposta de open bar barato, não haveria Gabriela ou equação que resolvesse.

Não adianta pedir um conselho agora...
Sabia a resposta e muito longe e depois de algum tempo entendeu:
Roberto foi seu grande amor.

Faço meus votos que os dois se reencontrem. Peço como sinal de boa paz:
Joaquim libera ai o telefone dessa Gabriela rapaz!


Nenhum comentário: