Aos comentaristas


Devido uma avalanche de comentarios torpes e não identificados, decidimos que só aceitaremos comentarios devidamente identificados e que não contenham mensagens ofensivas, alias se comentar e se identificar, serão permitidas as ofensas. Quem quer debater, tem que ter coragem de se mostrar para que o debate ou critica seja fdemocratico! Okay cara palida?

terça-feira, 27 de agosto de 2013

Seu coração é curto como uma canção
meu amor é pequeno como o dia...

Não me deixe perder o que é meu,
não me deixe perder o que não pode ser seu

A poesia como um piano,
o piano como uma canção

Sentir isso agora é magico

a festa apenas começou
e estou amando tudo

seu sonho é sonho
seu delirio quando chama meu nome é solidão

Todo o resto é poesia
o que vier depois é canção.


Meu verso quer dizer seu nome,
mas seu nome é programação

Meu agente diz diga outro nome
mas seu nome eu digo
como quem diz não

todo poema é solidão
seu nome é a minha canção.









Nenhum comentário: