Aos comentaristas


Devido uma avalanche de comentarios torpes e não identificados, decidimos que só aceitaremos comentarios devidamente identificados e que não contenham mensagens ofensivas, alias se comentar e se identificar, serão permitidas as ofensas. Quem quer debater, tem que ter coragem de se mostrar para que o debate ou critica seja fdemocratico! Okay cara palida?

domingo, 28 de julho de 2013

Soneto dominical

Criança oceanica, olhos de orla e perfume aereo.
Queria dizer seu nome, mas agora essa canção é um segredo,
feito estrofe, correndo inquieta na poesia.
A estrela se esconde quando o céu claro de seu sorriso nasce,

quero colher um pouco disso.
Quero flutuar nas horas de sua alegria,
me brace ou me chame ou me abrace ou me chame...
Achava que seu corpo era composto de canção e doçura,

sua voz é poesia
e meu desejo quer ser apenas liberdade.
Enquanto canto esse poema, a poesia se veste com segredos.

Criança oceanica, pés de passado e saudade,
em mim nada parece real agora.
Dentro dos seus olhos sorriem o amor e a verdade.



Nenhum comentário: