Aos comentaristas


Devido uma avalanche de comentarios torpes e não identificados, decidimos que só aceitaremos comentarios devidamente identificados e que não contenham mensagens ofensivas, alias se comentar e se identificar, serão permitidas as ofensas. Quem quer debater, tem que ter coragem de se mostrar para que o debate ou critica seja fdemocratico! Okay cara palida?

quinta-feira, 4 de julho de 2013

Enquanto eu voltava

Voce descia a escadaria, eu apenas subia...
Desatento, angustiado e gasto pela noite e o bar,
queria poder, como eu queria,

atravessar esse verso
e com um só golpe

cuspir fora a poesia.

Meu coração já não tem casa
e haja asa, pois as penas,
eu bem sei,
só serviram para o penar.

As luzes estão se apagando,
lá vem o sol novamente,

outro dia, outras mentiras ou desculpas,
só me interesso em evitar,

mas acho que dessa vez é inevitavel.

Voce descia a escadaria, eu apenas subia,
feito imagem entre as luzes e as vozes naquele metrô

quero arrancar meu coração, mastiga-lo,
quero te devolver essa angustia e a poesia.

Desarmado pelo acaso,
fazia frio e era quase manhã,

sei que me viu,
te olhei ao me olhar.

E agora?

Basta dizer que meu silencio disse muito,
justo eu que havia ensaiado falas
para essa hora.

Fiquei calado,
eu subia a escadaria que voce descia,
enquanto ia embora.

Nenhum comentário: