Aos comentaristas


Devido uma avalanche de comentarios torpes e não identificados, decidimos que só aceitaremos comentarios devidamente identificados e que não contenham mensagens ofensivas, alias se comentar e se identificar, serão permitidas as ofensas. Quem quer debater, tem que ter coragem de se mostrar para que o debate ou critica seja fdemocratico! Okay cara palida?

terça-feira, 9 de julho de 2013

Barbearia

Essa noite ao chegar na barbearia apontei para uma revista e disse ao idoso tosador de machos da especie humana:
Corte dessa maneira!
Ele de pronto olhou como um perito, analisou a foto, as luzes, era possivel notar isso em seu olhar...
Inspirou, respirou, virou-me para o espelho e qual um toreiro começou a imolação de meus cachos. As vezes ele olha a revista, para tanto levanta a sobrancelha.
Por fim, não fiquei parecido com o cara da foto, foi apenas um instante de insanidade de um bebado, contudo que me valeu por naquele instante, observar mais uma senhor que já faz um bom tempo corta o meu cabelo.
Brigado Nassif! Um cara com opiniões politicas que sempre acabam por terminar falando de mulheres e com a fala final sendo sempre: gostosa ela, não?
A gente não percebe o tempo passando, não percebe a maré, sempre se surpreende com a colisão...
Brigado pelas piadas sobre tamanhos de penis, aquelas boas orientações tradicionalistas, moralistas e um tanto quanto cinicas, no final é tudo cinismo, afinal a gente olha mesmo pra mulherada, não é não?
E quem nunca ouviu aquela historia da moça filha da dona da pensão... Ou aquele novo truque coreano para trazer escravos bolivianos, como isso é desumano, acaba com os negocios da comunidade.
Sabe Nassif, nunca concordei muito com o Sr, nunca achei que deveria meter a pancada geral, nunca achei legal quando falava bem do Corinthians, mas curto quando voce fala da sua vilinha.
Agradeço por isso, agradeço pois quando sua esposa morreu, voce decidiu guardar luto, se recolheu por um tempo e depois voltou, mas ainda fica triste no mesmo do aniversario dela, voce gosta de datas, tem orgulho de lembrar das coisas, memoria infalivel, muitas cenas desde quando se lembra. Quando sua esposa morreu e guardou luto, aprendi que o amor é humano e por isso eterno, aprendi que aquilo que o tempo não cura, nos ensina a conviver com a cicatriz ou a dor. Nassif, voce já esta velho, logo não estara entre nós, bom quera te dizer obrigado de toda forma.
Valeu

PS: Não ficou parecido com aquele ator nem fudendo!

Nenhum comentário: