Aos comentaristas


Devido uma avalanche de comentarios torpes e não identificados, decidimos que só aceitaremos comentarios devidamente identificados e que não contenham mensagens ofensivas, alias se comentar e se identificar, serão permitidas as ofensas. Quem quer debater, tem que ter coragem de se mostrar para que o debate ou critica seja fdemocratico! Okay cara palida?

quarta-feira, 12 de junho de 2013

Liberdade ou um bairro oriental

Essa manhã acordei com halito novo do inverno,
peito aberto no espaço, sem laços, solto e revolto,

deitei na varanda,
ninguem me ouviu sair
então poderia haver
quem poderia me ver?

Você espera me ver,
não quero aparecer...

Me aguarde em seu delirio
não quero parecer visivel,

lembrará de mim pela manhã?

Te amarei em seus sonhos,
feito você que em meus sonhos
vem me amar...

Feche os olhos, se distraia,
deixe que o seu lirismo
a minha poesia traga...

Essa manhã cem bilhões de estrelas,
feito feridas de um anjo vieram refrescar

a leve brisa do meu espirito,
com a essencia onirica do seu sorriso.

Qualquer carro, casa, igreja ou tigre,
alfazema colhida, colheita, trizteza, rima
ou qualquer coisa que nos faça lembrar,

pois a vida agora é rua, bar e lua,
bruxaria, alquimia, biologia, farda

video ou carta, carta, carta,
arma e frutas,
vida e rua
São jorge,
lua e rua,
nua
nua
nua

a vida é crua meu amor,
por isso te encontrarei a noite
no lugar onde o sonho te levou.

Nenhum comentário: