Aos comentaristas


Devido uma avalanche de comentarios torpes e não identificados, decidimos que só aceitaremos comentarios devidamente identificados e que não contenham mensagens ofensivas, alias se comentar e se identificar, serão permitidas as ofensas. Quem quer debater, tem que ter coragem de se mostrar para que o debate ou critica seja fdemocratico! Okay cara palida?

quinta-feira, 6 de junho de 2013

Ela faz sentido

Enquanto o tempo passava,
ela sonhava o que ele poderia ser

conseguirá, obterá o que deseja...

O frio de junho feito uma verdade
secará os galhos, os deixando desnudos
de folhas ou frutos...

Ela é como uma historia,
que se quer esperar até uma continuação,
suas noites de bar em bar,
terão esse nome

pois essa garota chegou feito o inverno,
outono de sentimentos, maquinario destinado
a trilhar o descaminho.

Souberam dia desses,
numa dessas ela te procurou,
entre pessoas em comum.
Quis saber de você...

Desculpe, sei que não estava lá,
pediu a todos para avisarem,

mas sei que calaria, ficaria de canto,
ela parece uma canção dos Beatles,
você se veste como um Bob Dylan.

Ela ainda procura, olha e sonha,
tudo o que poederiam ser e então,
a fumaça do cigarro deseja qualquer letra
e o detalhe do vento levando
traz alguma lembrança qualquer.

Desculpe, mas quando vier,
saiba que esperou,
pela hora que agora se avizinha,

dentro da solidão
faltava um par de passos,

a sombra da saudade deixou tudo suspenso,
vazio e vaporoso a vida não parece poesia,
mas quando a esperança é uma opção,
de todas é a cria a mais inquieta canção.

Ela é uma canção do Lennon,
uma tragedia possivel para Cash,
Dylan te vislumbraria
qual Pancho ao ver nos olhos da morte
a resposta ao seu sonho de liberdade.

Ela é linda de um jeito que não sei,
mas suspeito que sinto.

Ela é a espiã dos meus sentidos,
ela faz sentido sem que consiga explicar.

Nenhum comentário: