Aos comentaristas


Devido uma avalanche de comentarios torpes e não identificados, decidimos que só aceitaremos comentarios devidamente identificados e que não contenham mensagens ofensivas, alias se comentar e se identificar, serão permitidas as ofensas. Quem quer debater, tem que ter coragem de se mostrar para que o debate ou critica seja fdemocratico! Okay cara palida?

quinta-feira, 6 de junho de 2013

Constelando o Mar

Não detenha o passo,
não demore, o tempo é pouco
e a vida cheia de acidentes.

Para que deixar a cargo do acaso,
aquilo que um sincero convite
pode resolver,

venha noite dessas me ver,
escutar o que quero dizer.

Tenho um texto ensaiado,
falando sobre você.

A saudade é um tear,
onde se pode desfiar,
a corda da esperança,

torna-la em forca,
reverte-la em resgate,

a vida é um poema
triste, nada até voce me convence
que haja nó que desate

tão atado estou ao porto,
que meu verso ao se projetar noturno e oceanico,
cavou na tua encosta, cardume de fantasias,

arquipelago do meu desejo,
sal de luz, calor que acalma,

em mim coube recriar o universo,
para nele tecer,

constelações até você...


Nenhum comentário: