Aos comentaristas


Devido uma avalanche de comentarios torpes e não identificados, decidimos que só aceitaremos comentarios devidamente identificados e que não contenham mensagens ofensivas, alias se comentar e se identificar, serão permitidas as ofensas. Quem quer debater, tem que ter coragem de se mostrar para que o debate ou critica seja fdemocratico! Okay cara palida?

domingo, 5 de maio de 2013

Managua

Olha só como é bonito o dia
da até dó fazer poesia

quando a mesma parece ja feita
desfeita a mesa resta a canção

o amor, a rua e a noite,
feito luz, loucura ou ilusão,
refrão ou açoite.

Agora por fim fica assim
e se não for comigo

pois bem não foi por mim
e acho bom que não tenha sido

tanta intriga, poema, poesia,
cobiça e outros truques nos quais invisto.

Relaxa nega, acalma um pouco esse samba
e saiba logo vem aqui o seu marido.

Ouça com afeto, o que eu digo com força
nasci nu e morrerei vestido
caso meu destino seja a forca

mas veja bem, olhe só o que vou contar,
outro dia lembrei daquela noite

pena, que pena e é tanta pena
capaz que voe o meu penar

mas ai é outro poema,
mais um problema e sequer posso contar

guarda tua arma, desarma o seu olhar
faça silencio ão é novembro e isso ainda ha de haver

enquanto isso canto esse canto
e ledo engano é quem pensou
que não seria sobre você.

Nenhum comentário: