Aos comentaristas


Devido uma avalanche de comentarios torpes e não identificados, decidimos que só aceitaremos comentarios devidamente identificados e que não contenham mensagens ofensivas, alias se comentar e se identificar, serão permitidas as ofensas. Quem quer debater, tem que ter coragem de se mostrar para que o debate ou critica seja fdemocratico! Okay cara palida?

terça-feira, 7 de maio de 2013

Bom Homem ( tentativa de poema politico)

Todos os dias o bom homem para o trabalho costuma seguir,
não por habito ou prazer, apenas por necessidade.
O que ele ignora, seu corpo sabe, sua dor e sua classe,
o trabalho é exploração e nele não pode haver verdade.

Todas as noites o bom homem com sua companheira quer amar,
as vezes bebe, as vezes não pode beber, queria amar mas não consegue.
O cansaço o persegue, feito açoite que a carne morde
e não o permite senão com o prazer sonhar

Nos feriados o bom homem dorme, bebe e come,
a sua vida de sentido carece e a carencia de algo o consome,
não se trata de sede ou fome, trata-se do efeito da sede e fome,
da condição de coisa andante, o bom homem queria ser um amante

e quando para junto dele sua companheira se aproxima,
feito um sinal ruim que o vitima, em anuncios as coisas
e os sonhos plasticos que lhe ensinaram ser a vida.
O bom homem queria entender poesia...

Quando entre as pessoas no onibus esta,
uma conversa ou outra costuma escutar.
um cordial bom dia a moça que com ele
todos os dias pega o mesmo transporte lotado

o bom homem pouco sabe das coisas das quais esta rodeado.
Aprendeu a ficar falado e sorrir, foi bem ensinado.
Quando algo há que não aprecia, pensa consigo calado:
que bom seria entender poesia.

todos os dias ao trabalho segue o bom homem
e no mundo dos cuidados ignorados,
ele ainda se importa e se comove ao escutar da conversa alheia
o causo tragico e fatidico por desconhecidos contado.

Ele se barbeia, toma café e segue para o trabalho,
bom homem feito um bloco,
se converte todos os dias em fardo.
ele é o duro fardo dentre outros fardos por ele carregado

Nenhum comentário: