Aos comentaristas


Devido uma avalanche de comentarios torpes e não identificados, decidimos que só aceitaremos comentarios devidamente identificados e que não contenham mensagens ofensivas, alias se comentar e se identificar, serão permitidas as ofensas. Quem quer debater, tem que ter coragem de se mostrar para que o debate ou critica seja fdemocratico! Okay cara palida?

segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

Verso Satanico

Essa noite ele veio em sonho,
vestia um lindo terno escuro,

em suas mãos
o leque (mundo)
que os olhos ilumina.

Em cada palavra uma promessa:
fortuna a porta, fama para a poesia.

Seu sorriso era noturno e inquietante,
possuía a atmosfera imortal e confiante

Perfume palaciano de quem a noite corou,
trejeitos e acenos, falam do que passou...

Diante de mim, ele mostrou,
um mundo ao poeta, ao poeta o devido valor,
disse-me apenas:

Venha comigo e comigo se vá
nesse mundo claro e limpo, meu poeta
a poesia não cabe, nunca caberá...

Só se dorme para o sonho,
só sonha ainda em vida,
junta teus sonhos poeta
e também traga a poesia

Pois o beijo negado
é o poema mais sagrado
é o beijo que se sonhou

Então ele me olhou
acenou com os olhos em brasa
falando da arte e da mentira
do amor e da poesia

Levantou a mão, estendeu o dedo
e concluiu:

Meu amigo, esse é o tempo do medo,
a poesia é livre e maldita como o desejo.








Nenhum comentário: