Aos comentaristas


Devido uma avalanche de comentarios torpes e não identificados, decidimos que só aceitaremos comentarios devidamente identificados e que não contenham mensagens ofensivas, alias se comentar e se identificar, serão permitidas as ofensas. Quem quer debater, tem que ter coragem de se mostrar para que o debate ou critica seja fdemocratico! Okay cara palida?

sexta-feira, 28 de dezembro de 2012

Sorte de alguem

Quando você é alguém,
sim isso pode custar muito
mas então, parece que a lição
é apenas uma razão para errar.

Longe do que se pode ser,
em seu lugar,
não fosse você,
seria outro em seu lugar.

Sim a macieira já deu fruto,
a cor, se gastou na luz,
o tempo enfraqueceu o grito,
o mesmo grito que propagava o chamado.

Enquanto o mundo corre no quintal do universo,
 o sol conta as horas até o ultimo passo da dança.

Então o dia desenha no céu as nuvens,
usando a paleta dos sonhos, do mar e do que sentimos,
a vida brinca com os olhos, guardando cada olhar ou imagem.

Uma outra estação virá,
fará menos calor, choverá com menos intensidade,
mas ainda restarão alguns sonhos, planos,
feito passageiros esperando a enchente acalmar.

O desespero, como uma onda que assusta ao se anunciar,
devorará ainda as noites, cinzeiros e marcas de copo,
revelarão tal qual amostra fóssil, o resulta dessa equação.

Em algum canto alguém sequer desconfiará,
mas a primavera que espera, floresce e canta dentro de alguém,
lá fora esse alguém espera, feito um poste que ilumina e guia.

Se um dia sua mão deixar escapar uma moeda,
não recolha, pode ser a sorte de alguém, pode ser a sorte.

Seja gentil, sorria, se acostume com isso,
não doerá tanto, quando já não se importar.

Então um bom passeio pelo centro,
um parque e seus pensamentos,
parece que o veneno do mundo, cabe em você.

Ignorar é um antidoto, ate esquecerem de você,
a noite, na noite seguir como uma estrela entre as nuvens,
cada pedaço planejado feito azulejo caindo,
assim até já não ser.

A lua tem algo para você, lá fora em algum lugar,
suspeito que adiante a primavera, como um sorriso,
espera e canta, feito a luz de um olho verde...

O tempo, tem seu próprio tempo.
A sorte de alguém, pode ser apenas sorte.

Nenhum comentário: