Aos comentaristas


Devido uma avalanche de comentarios torpes e não identificados, decidimos que só aceitaremos comentarios devidamente identificados e que não contenham mensagens ofensivas, alias se comentar e se identificar, serão permitidas as ofensas. Quem quer debater, tem que ter coragem de se mostrar para que o debate ou critica seja fdemocratico! Okay cara palida?

sábado, 24 de novembro de 2012

Passo lunar.

Então ele vai cantar,
como se no céu uma estrela
lá distante ao ouvir sua voz,
por ele pudesse
se apaixonar
ou se aproximar
com encanto olhar
e ouvir sua voz maior
seu canto profuso
estendido no céu a encantar.

Papeis que com o vento vão,
maré que as coisas traz
para cada passo uma estrofe,
para cada aceno uma canção de paz.
Então ele vai cantar,
que a poesia é o chamado
de quem sente dor,
é o primeiro homem na lua
que viu a terra distante girar
e distante pensou.

Mas se a vida dispara,
feito gatilho e não para
segue o vapor subindo
e a direção inquieta
da vida que segue
feito flor no asfalto florindo.
Então pisar o chão
como se fosse essa a razão
para o céu tocar num salto
e é a beleza e a esperança
acampadas no mesmo palco.

A rua segue e a vida também,
somos viajantes no olhar
no coração e a alem.
Pois toda hora é festa ou funeral
viver é saber que a vida
não é um ensaio geral,
os pássaros cantam e dormem
dizem amem e cantam mais
cada passo só faz sentido se for o final.

Nenhum comentário: