Aos comentaristas


Devido uma avalanche de comentarios torpes e não identificados, decidimos que só aceitaremos comentarios devidamente identificados e que não contenham mensagens ofensivas, alias se comentar e se identificar, serão permitidas as ofensas. Quem quer debater, tem que ter coragem de se mostrar para que o debate ou critica seja fdemocratico! Okay cara palida?

quarta-feira, 15 de agosto de 2012

Supõe que a musa escrevesse ao poeta

Doeu um pouco perceber,
machucou um pouco descobrir.

Não somos folhas de papel,
não poderemos seguir com o vento.

E ele estava tão quieto e calado,
apenas me olhou, do seu lado da sala. Apenas olhou

sorriu um tanto nervoso e abaixou os olhos
apenas isso e as janelas iluminando ali
não foram o bastante para desanuviar seu olhar

Mãos nos bolsos, ele vai seguir...
Olhando o chão e é apenas caminhar...

Para o prato já não basta a fome
e nem foi necessária outra miséria,
as antigas já bastaram para cansar
aquele sorriso, que em seu rosto desfiz.

Seu rosto cor do sol, já assim pálido
feito uma haste onde não há bandeira

Quem dera eu fosse a primeira
quem dera eu fosse a derradeira

Mas já não há mais paz
e nem porto ou praia

O seu caminho tem um nome é não é o meu
resta saber qual o nome dessa palavra...

supõe que sejam só minhas
todas as suas poesias

E já não mais
sequer fala comigo

Quando eu digo oi
sequer é comigo o que já se foi

Supõe que sejam só minhas
todas as suas suas poesias...

Nenhum comentário: