Aos comentaristas


Devido uma avalanche de comentarios torpes e não identificados, decidimos que só aceitaremos comentarios devidamente identificados e que não contenham mensagens ofensivas, alias se comentar e se identificar, serão permitidas as ofensas. Quem quer debater, tem que ter coragem de se mostrar para que o debate ou critica seja fdemocratico! Okay cara palida?

sexta-feira, 20 de julho de 2012

Marmore e talco... (Um poema sobre você)

Um céu de estrelas se pôs a cantar
a ausência sentida
e também aquela que o orgulho ocultou

Uma hora corre no instante mais quieto...
Cansei de jogos, ergui em mim um vale de sombras,
no lugar mais simples fiz um altar.

E ali as estrelas se curvam,
o tempo vem rezar,
lá ao redor uma composição ensaia
o momento do encontro definitivo.

É infinita a minha sede como é santa tua presença,
eu ainda sou o que sobrou de algum lugar...

Nenhum comentário: