Aos comentaristas


Devido uma avalanche de comentarios torpes e não identificados, decidimos que só aceitaremos comentarios devidamente identificados e que não contenham mensagens ofensivas, alias se comentar e se identificar, serão permitidas as ofensas. Quem quer debater, tem que ter coragem de se mostrar para que o debate ou critica seja fdemocratico! Okay cara palida?

sábado, 21 de julho de 2012

Enquanto a cidade esfria e a noite começa

Eu escrevo daqui para dizer que estou feliz,
ninguém pode entender qual a razão e estou dentro disso

Meus olhos olham a vida de maneira mais simples
e o eu sigo assim como se o acaso fosse a válvula do destino

Sabia que estou muito bem?
Eu realmente persegui um novo estado de paz

Como se o mar viesse em sonho me dizer
que o acidente fosse apenas olhar

Como se apenas entender já não bastasse
e já não basta mais ir até ai pra ver como é que fica
pois esta em mim como uma luz
e vive aqui como uma cor...

Eu volto só para casa,
volto de todos os lugares onde pode chover
ninguém poderá entender e eu uivo para a lua

Estou tão bem e escrevi isso para dizer
que os pingos flutuam com o vento como numa maré
ninguém estará armado para desencantar

De volta ao ponto inicial onde a competição
ainda era uma prodigiosa integração

Sim você não sabia disso
mas estou tão bem

Me veste ao corte e na postura
essa costura chamada solidão

pois são tantas opções que o inverno mostra
como dizendo feito o mar em sonho quem é o verão

Escrevo daqui para dizer que estou feliz
não é quem sou ainda
mas um dia isso se imprime no meu ser

Como uma bandeira que aos poucos significa tanto faz
em mim as cores querem aprender a se multiplicar
tudo quer dizer, pela agonia de ter me calado por pouco
e ao retornar eu sei, sim você sabe:

Estou tão bem agora
parece que enfim achei um momento
onde cada lugar é o meu lar

Num sonho eu sei, na vida você deduz...
Sou um pedaço disso, sou um arranjo maior...

Agora era para ser o final,
estamos começando pelo fim
na mesma sede do inicio e ainda mais
agora é novamente apenas paz...

Nenhum comentário: