Aos comentaristas


Devido uma avalanche de comentarios torpes e não identificados, decidimos que só aceitaremos comentarios devidamente identificados e que não contenham mensagens ofensivas, alias se comentar e se identificar, serão permitidas as ofensas. Quem quer debater, tem que ter coragem de se mostrar para que o debate ou critica seja fdemocratico! Okay cara palida?

segunda-feira, 30 de julho de 2012

Baixo Augusta

Volte para casa sozinho
no meio de uma noite apenas retorne

junto de sua solidão um jardim floresce
tudo sempre florescerá um dia...

Estirado na estrada
pois o caminho erra em passos

enquanto a noite baixa no baixo augusta
as vozes ecoando com solidão e angustia
ser somente um e não querer só se pertencer

Não é mais um jogo e eu antevejo agora
que o minuto acende o pavio e anuncia a hora

Feito em brasa o dedo que quer descortinar o fio da noite
a noite que só quer acender o fogo que a garoa não dissipa

assim se reaprende o canto com a vida
e a vida se envenena de lua, sons e poesia.

Junto da solidão um jardim noturno floresce
dentro de si e no sorriso a vida aquece...




Nenhum comentário: