Aos comentaristas


Devido uma avalanche de comentarios torpes e não identificados, decidimos que só aceitaremos comentarios devidamente identificados e que não contenham mensagens ofensivas, alias se comentar e se identificar, serão permitidas as ofensas. Quem quer debater, tem que ter coragem de se mostrar para que o debate ou critica seja fdemocratico! Okay cara palida?

quarta-feira, 27 de junho de 2012

Vamos dar uma chance a paz ( ou um poema beatlemaniaco)


Dê uma chance a paz
não é tão difícil sabia?

Não precisa segurar minha mão
é apenas seguir até o outro lado da rua
eu prometo estar lá sempre
e sempre estarei lá...

Um fim de semana perdido é o que será
é o que será o passado se vier comigo

Uma chance a paz
não é tão caro se tentar
e é tão preciosa a sensação
de já não estar só...

Não precisamos da solidão agora
Não precisamos desses jogos mentais

Não me deixe para baixo
e é bem fácil impedir que isso ocorra

Vamos dar uma chance a paz
sem jogos mentais ou fins de semana perdidos

Em um lugar que não possam me alcançar
num parque iluminado pela penumbra silvestre
onde as mãos não precisam se tocar
para manterem laços

Não é difícil sabia?
Através das cores de uma manhã
onde vamos seguir?

Eu posso ficar para baixo agora
Nada pode me deixar para baixo agora
e apenas isso pode me interromper

Um sonho tecido na orla de uma semana confusa
dias que não cabem nas estruturas sensoriais

Ontem eu cogitei falar sobre essas coisas
e era apenas você atravessar a rua
eu estaria lá
eu sempre estaria lá

Não sou mais o cara que eu costumava ser
um sol se pondo em cada acorde

Você me pergunta e agora?
Eu simplesmente não sei
eu apenas não sei mais

De uma chance a paz
não é difícil se você se permitir

Um mantra que se inicia com seu nome
e é apenas o seu nome repetido varias vezes

Atravesse a rua um dia
eu estarei lá do outro lado da margem
e saiba não é caro dar uma chance a paz
e é tão precioso não ser apenas a solidão.

Um comentário:

André e seus Caldos de Cana disse...

relendo lennon, ou relennon lendo?
abração!