Aos comentaristas


Devido uma avalanche de comentarios torpes e não identificados, decidimos que só aceitaremos comentarios devidamente identificados e que não contenham mensagens ofensivas, alias se comentar e se identificar, serão permitidas as ofensas. Quem quer debater, tem que ter coragem de se mostrar para que o debate ou critica seja fdemocratico! Okay cara palida?

sábado, 28 de abril de 2012

Nota Azul

Ela seguirá. Sim eu sei muito bem disso, continuará do ponto onde parei e me levará dentro da melodia de uma de suas canções; pois eu quis ser o seu primeiro beijo, levar seus livros pelo caminho de volta da escola.
Não sei ao certo quando sua família veio para esse país, que circunstancias motivaram, quem sabe teus avós  se fixarem aqui.
Se passaram fome? Não, não sei. Se aprenderam de pronto a língua nativa, também não sei. Contudo sei apenas que certa manhã, eu deveria ter 5 ou 6 anos, seguia por uma daquelas ruas do nosso bairro, a vi passar, se eu era jovem demais não sei, suspeito que sim, mas hoje sei, aquela maçã que dividimos no recreio, não foi e nem pareceu ousadia, mas foi o nosso primeiro beijo.  Não fui o primeiro a te chamar para uma festa, não fui o primeiro a carregar seus livros no caminho de volta para casa, também você não foi minha primeira em vários aspectos, mas encabeça uma lista sagrada de referencias e de longe é minha preferencia. Enquanto os carros passam por viadutos e pontes, olho de minha janela a luz de seus faróis baixarem em tributo ao que ignoro... Ela nunca esteve aqui, mas como foi bom enquanto esteve, em noites como essas eu a amei com minhas forças e músculos, me dando ao mundo na proporção do azul profundo de seus olhos delicados por trás de seus cachos castanhos e cheirosos.
Ela vai continuar, de onde eu parei ela seguirá, não importa agora se comigo ou algum alter-ego meu, dentro de um disco na faixa que o tempo gasta e se esquece ou naquele capitulo, de um livro que nunca foi sucesso, apesar de soar genial, pois ela não é uma ideia minha, ela é como o universo em expansão de luz e força, seguirá pois independente de meu amor ou desejo, ela é apenas paixão, não tem nome mas atenderá  pelo som que a atrair. Sem moral ou regras, ela seguirá. Pois ela é amor e não é apenas do meu amor que usei para ama-la, ela é a velocidade das cores girando na cidade, quer eu perceba ou não.

Nenhum comentário: