Aos comentaristas


Devido uma avalanche de comentarios torpes e não identificados, decidimos que só aceitaremos comentarios devidamente identificados e que não contenham mensagens ofensivas, alias se comentar e se identificar, serão permitidas as ofensas. Quem quer debater, tem que ter coragem de se mostrar para que o debate ou critica seja fdemocratico! Okay cara palida?

segunda-feira, 16 de abril de 2012

Cidade imaginada

Estendem as mãos o universo e a historia

               para com o tempo dançarmos
               para com o espaço jantarmos

entre as luzes da cidade em vapor e cor
entre as cores da cidade em cinza e dor

                            Tudo que é amor pode ser sonho
mas em todos os sonhos as vezes não se acha amor

Dance comigo
                    ou
                         apenas beba...

A cidade é grande
becos onde emergem bares

sugando salários
sugando salários

no giro vaporoso de cigarros
nas saias comportadas da modernidade

modernas demais
contrastando os padrões e a arquitetura

Ralos por onde a poesia escorre
escarro pegajoso de quem apenas imaginou

Estendem as mãos agora
dão ao cosmos o definitivo concerto

regam os olhos das luminosas placas de neon
passarão mais de uma vez aqui novamente

outros como eu
que amaram de meu amor

Sempre essa parcela da cidade que é imaginação.

Nenhum comentário: