Aos comentaristas


Devido uma avalanche de comentarios torpes e não identificados, decidimos que só aceitaremos comentarios devidamente identificados e que não contenham mensagens ofensivas, alias se comentar e se identificar, serão permitidas as ofensas. Quem quer debater, tem que ter coragem de se mostrar para que o debate ou critica seja fdemocratico! Okay cara palida?

quarta-feira, 4 de abril de 2012

Abc ( Canção para ninar a solidão)

Eu apontei apenas para o céu...
Queria ver onde meu instinto iria,
mas é sempre tão próximo 
muito mais próximo 
que a próxima galaxia...

No deserto somos assim...
Um sorriso de açúcar dissolvido na pose
e eu voltei a fumar e beber como antes.
Eles me olham com estranheza agora

O carrossel seguiu sem mim por duas estações,
agora tento saltar para o centro novamente.

Meus ouvidos cansados da mesma cantiga,
meus olhos gastos de cartazes onde me anunciam
e ela que é a vida, como a vida veio sem perceber,
acordo dentro de outro dia
na exata hora percebendo que estou em mim.

Eu apontei para o céu,
sem perceber lá adiante é a direção aonde mora.

Não como quando eu te vi ,
muito menos quando eu te conheci,
mas agora que  o destino nos achou
de nos deixar bem assim
onde aqui é onde estou
e aqui é longe e
muito mais próximo é a galaxia
que rasga o céu centenas de bilhões de anos-luz
sim aqui é onde estou
sou teu distante agora e aqui

Pois sou a mais distante estrela a explodir 
e irradiar o adeus em centelhas.

Nenhum comentário: