Aos comentaristas


Devido uma avalanche de comentarios torpes e não identificados, decidimos que só aceitaremos comentarios devidamente identificados e que não contenham mensagens ofensivas, alias se comentar e se identificar, serão permitidas as ofensas. Quem quer debater, tem que ter coragem de se mostrar para que o debate ou critica seja fdemocratico! Okay cara palida?

sábado, 24 de março de 2012

Sahara

Ele esta olhando de sua mesa
 um lugar onde ele não possa estar só

seu corpo está facilmente retraído
essa noite nos fez respirar melhor

Uma flor branca cujo perfume esqueceu a solidão
breve ilusão fácil ele está se curando...

A perfeição é uma mentira que o amor contou
olhe um pouco para a luz que nos faz chorar

Seus papeis emoldurados numa grade de  perdão
como esquecer?
como esquecer?
como esquecer?

Depois da avenida um ponto onde todos os pássaros vão
nos servem de anuncio e nos consomem por  amizade
favores da natureza nos olvidando de um margem amarga

Me veja só e estou na mesa ao lado
cuidando para te levar em um pensamento

tomo minha cerveja enquanto canto um verso qualquer
minha solidão chama por um nome que soa feminino e

quer chamar bem pra perto 
por ela que será minha mulher

Nenhum comentário: