Aos comentaristas


Devido uma avalanche de comentarios torpes e não identificados, decidimos que só aceitaremos comentarios devidamente identificados e que não contenham mensagens ofensivas, alias se comentar e se identificar, serão permitidas as ofensas. Quem quer debater, tem que ter coragem de se mostrar para que o debate ou critica seja fdemocratico! Okay cara palida?

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

Podia ser em qualquer bar

Eu acerto a conta no bar e deixo uns trocados com o garçom
Por favor chame um táxi quando eu cair

não antes disso eu repito como um grito de socorro
em todos os bares e de todos os bares

justamente ali eu te vi passar e entrar
entre as mesas e no canto do salão com ele sentar-se

Reparei nas luzes como estavam ali
fumaça de cigarro por todo o lugar
 na mesa ao lado uma canção que nunca ouvimos
uma canção que agora me fará lembrar de você

eu estava vencendo até agora - pensei comigo -
e justamente ali eu não soube mais

Mais uma garrafa na mesa e mesmo assim isso não passar
outro gole e na sequencia outro cigarro
outro gole e mais uma vez banheiro
me chame um táxi quando estiver caindo

Lembra quando você disse que minha voz te encantou?
Começo a entender porque ando tão calado...

Eu pego meu chapéu e acendo mais um cigarro
a mesa lá embaixo me espera para mais uma partida
o contrario do ditado pode ser real também?
Sem sorte no amor quem sabe alguma sorte eu ache...

Por mais que eu fique ali isso doí como da primeira vez
 sensação estática me deixando suspenso no ar
como se agulhas de dor anestesiassem o álcool
mas nada é como isso então ponho meu chapéu

e la fora eu poderia ter te visto em qualquer lugar
de lá de fora você poderia ter me visto também

Estou naquela fase quando se evita sabe?
Poderíamos ser amigos novamente ela disse

e essa foi a cereja do bolo da minha angustia
doce adaga interrogando o meu pulmão

Lembra que todos sorriam ao nos ver
e ninguem pode acreditar quando aconteceu

E agora estou aqui não é mesmo?
E no mesmo bar você sentou no final do salão
ponho meu chapéu e provavelmente tomarei meu táxi
provavelmente essa garrafa fara fila com outro em outro bar

em algum lugar onde você também estará no final do salão...
Estou dizendo adeus e acho que não é da ultima vez
meu coração fica ali repetindo esse adeus
como esperando do seu espirito um volto logo.

Nenhum comentário: