Aos comentaristas


Devido uma avalanche de comentarios torpes e não identificados, decidimos que só aceitaremos comentarios devidamente identificados e que não contenham mensagens ofensivas, alias se comentar e se identificar, serão permitidas as ofensas. Quem quer debater, tem que ter coragem de se mostrar para que o debate ou critica seja fdemocratico! Okay cara palida?

segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

Sua poesia

Tire as mãos de mim!
Ponha as mãos em mim...
Vê bem direito como faz
e me faça sentir...
Segura a minha mão
agora estou seguro
que sua pior intenção
é minha cura...

Quando passou o bloco
eu vi o tamanho da rua
e nela o vazio repleto de solidão
me fez lembrar que a lua
é muito melhor que qualquer canção

Tire as mãos de mim!
Ponha as mãos em mim
e me segura...
Eu te asseguro mulher
que qualquer razão
é bem melhor
que essa nossa situação

Por isso quando eu canto
eu aproveito e te olho mais
pois  teu abraço é a dança
e é a poesia que me traz a paz

Seu sorriso ilumina a sala
em luz e canção
te vejo em lembranças
não posso negar
me vem de pronto
uma vontade absurda
de te tirar para dançar...

E quando te vejo passar
um beijo apenas suponho
e com as imagens de ti
componho um sonho
no sonho você chega bonita
e eu ali repleto de sua presença
me torno em lirismo
supondo beber da sua poesia...

Nenhum comentário: