Aos comentaristas


Devido uma avalanche de comentarios torpes e não identificados, decidimos que só aceitaremos comentarios devidamente identificados e que não contenham mensagens ofensivas, alias se comentar e se identificar, serão permitidas as ofensas. Quem quer debater, tem que ter coragem de se mostrar para que o debate ou critica seja fdemocratico! Okay cara palida?

sábado, 8 de outubro de 2011

Soneto verde

Meu partido é o cinismo
dessa minha pose
de quem aspira ser poeta
de quem vive pela noite

e quando a vida lança a sorte
dentre seus dentes o largo açoite
eu me dou mais e não declino
sei bem como se um forte eu fosse

Me guiam pernas e poemas
e toda sorte de poesia
me deito em camas que não sei

me conforta a poesia
e se a vida não me basta em sua monotonia
me vou junto a morte numa ultima poesia.

Nenhum comentário: