Aos comentaristas


Devido uma avalanche de comentarios torpes e não identificados, decidimos que só aceitaremos comentarios devidamente identificados e que não contenham mensagens ofensivas, alias se comentar e se identificar, serão permitidas as ofensas. Quem quer debater, tem que ter coragem de se mostrar para que o debate ou critica seja fdemocratico! Okay cara palida?

sábado, 1 de outubro de 2011

Retornando

Sim vai voltar 
e eu sei que vai querer
dizer que me ama
como eu sei 
sim eu sei
vai voltar
não adiantou correr
pra outra cama
em outros braços
se é meu abraço
que voce sempre vai procurar
mas é que eu ando
tão ocupado
é a noite 
é o ceu
é a vida e é o mar
quando a vida
deixou de ser do seu lado
veja bem 
é simples assim
quando me deixou
disse que ali
era só eu cuidando de mim
mas é que agora
a essa hora
tem sempre tanta gente
cuidando de mim
que você deixou assim
pode não ser amor
mas eu minto pra mim
e penso as vezes
que tanto carinho assim
só me faz aplacar aos poucos
essa dor dentro de mim
vai ver haja sempre mais que um
e seja sempre bem melhor
ser de mim mesmo
eu já prometi
não repetir o mesmo erro
é que foi tanto desengano
e agora enfim eu prometi
por essa solidão
por essa luz da lua 
a me iluminar
que nunca mais 
eu vou olhar 
como eu olhei
e nem amar 
como eu amei
mas é tudo engano
já me vejo 
novamente entregando
apaixonado outra vez
Ela vai voltar
palavra eu sei que vai voltar
pedir perdão 
eu sei 
que vai pedir
palavra de mulher
é aquela que se apaga
o que se diz
e quando fala
na hora do ressentimento
todo pensamento
é pouco diante daquilo
que nos deixa loucos
todo o sentimento
e apesar disso mulher pode até ser
que dia desses quando voltar
eu aceite você
mas pode saber
que alem de você
haverá qualquer coisa
que me faça te deixar pelo caminho
algo assim 
só as vezes
pra te fazer  não esquecer
o quanto você me fez sofrer
ao me deixar sozinho
Quando se ama
a dor é um triste caminho
pequeno é o destino
de quem só faz
a ilusão
eu era crente
que seria tão feliz ao seu lado
e agora eu ando tão de lado
cantando uma canção
verso jogado
não adianta a multidão
sem você meu amor
é tudo pouco
lembrei agora
de quando dávamos as mãos
pois bem voce vai voltar
e eu vou te lembrar
que quem faz isso
acaba
sempre 
junto da solidão...

Nenhum comentário: