Aos comentaristas


Devido uma avalanche de comentarios torpes e não identificados, decidimos que só aceitaremos comentarios devidamente identificados e que não contenham mensagens ofensivas, alias se comentar e se identificar, serão permitidas as ofensas. Quem quer debater, tem que ter coragem de se mostrar para que o debate ou critica seja fdemocratico! Okay cara palida?

terça-feira, 18 de outubro de 2011

Isabella VIII

Tudo que eu mais quero agora é o sol
quero dizer o sol de seu abraço
o sol contido no calor de seu beijo
o calor de seu carinho de mulher...

Minhas mãos querem te tocar
pois sabem que a razão de minhas mãos
é tocar seu rosto é segurar suas mãos
e te segurar bem forte para bem firme te abraçar...

E assim na extensão inquieta de meus braços
num abraço sentir seu coração pulsar
vibrante cantando uma canção de amor
cujo final amor é sempre um beijo doce e eterno...

Você sempre tão linda me faz tremer
impaciente e louco feito um bobo por seu amor
acordando assim todas as manhãs 
como se fosse sempre a primeira

Com a fome de seus olhos e sede de seu corpo
me exilar em seu sorriso me deitar em seu delírio
fazer de seus cabelos o meu céu estrelado
te-la comigo a cada instante dentro da nossa eternidade

Sufocar com nossos beijos a sua ausência
que doce encanto é ter você junto de mim
minha pequena é doce te sentir assim
canção de amor que cantamos a sós...

Pois eu andei por muito tempo distante em outros lugares
como que me protegendo de algumas vozes
agora eu posso sentir que essas vozes não me afetam mais
pois agora temos um ao outro como num conto clássico

Eu te achei e nos olhamos
supõe então pequena que quando nos vimos
foi como se nos céus a musica mudasse
e dessa vez eu sei essa é a musica definitiva

Meus pensamentos desenham seu rosto
como um quadro cheio de cores onde eu sinto a vida dançar
e em minha mente tudo esta correto tão correto agora
como se entre meus dedos eu pudesse sentir meu coração

Mas sabemos muito bem que dessa vez estamos certos
sentimos que dessa vez estamos  num lugar melhor
e quando olhamos segundos antes do beijo
sentimos e eu sei bem que sentimos e sim estamos certos

Meu desejo molda seu corpo
na estatura de meus desejos
você é quem me sacia de uma maneira louca
me fazendo querer mais e sempre tanto e sempre

Ouvir sua voz quando me chama é saber
que sim fomos feitos um para o outro como 
se só tivesse sentido o meu caminho
se o destino me levasse até você

Enquanto você sorri
eu apenas olho seus olhinhos
que são as faíscas mais lindas
pequenas porções estelares

Como não dizer isso agora
eu penso e constato
que o que sinto é sim
sim é amor

Toda essa ternura no olhar
toda essa loucura em te ver
e como eu posso dizer
fazendo uma poesia que esteja a sua altura

Para dizer minha pequena
que sim eu amo
sim minha pequena
eu amo você

Você que é linda
como uma primavera florida
como um poesia maior
você é o meu grande amor

Teu amor me invade
feito a maré cheia em certas casas
em teu corpo naufrago
brancas colinas onde a doçura me seduz

eu que te amo agora
e te amo aqui
para te amar sempre
te amo num eterno amor sem fim...



Um comentário:

Isa disse...

"Ouvir sua voz quando me chama é saber que sim fomos feitos um para o outro como se só tivesse sentido o meu caminho se o destino me levasse até você"

Amo você *-*