Aos comentaristas


Devido uma avalanche de comentarios torpes e não identificados, decidimos que só aceitaremos comentarios devidamente identificados e que não contenham mensagens ofensivas, alias se comentar e se identificar, serão permitidas as ofensas. Quem quer debater, tem que ter coragem de se mostrar para que o debate ou critica seja fdemocratico! Okay cara palida?

terça-feira, 18 de outubro de 2011

Isabella VII

Eu vago pelos cômodos como uma lembrança
a saudade refaz um caminho doloroso em minhas veias
procurando seus olhos minhas mãos sentem sede de sua luz
e eu como um circense inquieto salto dentro de nossos sonhos
como se as letras de uma carta tivessem vida
eu quase posso te ouvir me chamar
Como um naufrago dentro das estrelas
eu apenas persigo seu perfume numa vaga lembrança
minha saudade de você eu não nego e nem engana
pois quando como agora a noite vem
e o dia se aproxima
nem toda a poesia faz você estar aqui
Você que é linda como a noite
linda como uma bandeira vermelha onde meu peito escreve seu nome
linda ainda mais linda quando me beija
linda como a primavera
linda como o sol quando sai o sol
linda pois é a mulher que eu amo
teus olhos me deixam em êxtase
teu corpo brancas colinas onde meu corpo se aquece
minha poesia quer te trazer quando não está
então eu saio pelas ruas buscando seus olhos
buscando a noturna textura de seus cabelo
embalado pela saudade
meu peito parte em sua procura
por entre prédios onde nunca entrei
ouvindo musicas nunca antes escutadas pela humanidade
reinventando seu nome num som passional
escrevendo poesias em jornais
querendo te levar comigo
pois você minha pequena
sim você minha pequena
me faz tanta falta quando não esta aqui bem perto
poder ouvir tua voz
e ter a alegria como algo concreto
você me faz tão bem
muito mais que paz é o nosso amor
por isso minha cara
ouça bem quando eu disser
que sou o cara mais feliz
por ter o seu amor pra mim
minha mulher...

2 comentários:

Anônimo disse...

Então é sério mesmo?

Isa disse...

Você me faz tão bem... sabia?
É tão bom conversar com você, ler o que você escreve pra mim
(coisa que faço vaarias vezes ao dia) Tudo isso me faz muito feliz,
Eu queria muito te ver todos os dias.
Sinto saudades.