Aos comentaristas


Devido uma avalanche de comentarios torpes e não identificados, decidimos que só aceitaremos comentarios devidamente identificados e que não contenham mensagens ofensivas, alias se comentar e se identificar, serão permitidas as ofensas. Quem quer debater, tem que ter coragem de se mostrar para que o debate ou critica seja fdemocratico! Okay cara palida?

terça-feira, 11 de outubro de 2011

Isabela

Aquilo que para nós soou coincidência
só nos fez ver que a razão de nosso encontro
tinha outra razão que não aquela
e assim como o pessegueiro aflora ao entardecer
crepuscular fruto de nossas delicias
eu aguardo seu chamado
mulher dos sonhos
flor de moreno sabor 
encantada 
e linda
cuja as formas
cujo o toque encanta meus músculos
ao envolver num toque
sua mão com minha mão
você tem na boca o som das coisas que eu quero
você carrega toda a mitologia
do meu ser expressa numa ação
amo teu beijo como amo teu abraço
corpo de mar teu sabor é de madressilvas
gigantescas tempestades vem de mim
desde que sei teu nome como minha canção
desde que tua mão fez meu caminho ver
que era meu destino
estar junto 
de você
Agora eu quero apenas
agora sou apenas isso
agora apenas para meu rosto sua mão basta
para o meu corpo
teu caminho é o conforto
destino de primaveris jornadas cujos regatos
são a saciedade de minha sede
tua pele é como o trigo
colhido no outubro mais chuvoso
tua voz junto do som do meu nome é como prece
oração dos anjos assim é a canção vindo aos meus ouvidos
canção de tua voz
melodiosos passos
que te conduzem ao missal de nosso encontro
aqui eu te quero como quer a primavera
como quer fazer a primavera
fazer a a flor mais linda
aqui eu te quero assim para adiante te querer maior em tudo
para que sendo eu e voce
sejamos nós
e sendo assim que sejamos enfim
a liberdade
feito a palavra doce
que de seus labios vem e me encanta

Um comentário:

Isa disse...

Ai que lindo! Adorei, só que agora vou ficar mal acostumada.
Você é uma pessoa muito especial.
<3