Aos comentaristas


Devido uma avalanche de comentarios torpes e não identificados, decidimos que só aceitaremos comentarios devidamente identificados e que não contenham mensagens ofensivas, alias se comentar e se identificar, serão permitidas as ofensas. Quem quer debater, tem que ter coragem de se mostrar para que o debate ou critica seja fdemocratico! Okay cara palida?

quarta-feira, 14 de setembro de 2011

Sonhando em noites amarelas

Hoje sonhei com seu corpo nu de menina
nunca te vi nua mas imagino tanto tocar seu corpo
como os ventos do Atlantico tocando a areia da Espanha
quero trazer uma nova estação 
dentro das palavras em voce

e mesmo que um destacamento viesse nos combater 
ali naquele ato de prazer nada iamos escutar
pulariamos por fabricas abandonadas até minha casa
e eu pularia por dias chuvosos antes de voce sorrir
parece incrivel estar assim agora e é mesmo
quando voce esta louco a insanidade é uma dança 
cujo charme é irresistivel

sonhei com voce esta noite e voce me levava para casa
numa carona estranha eu tocava sua mão pelo caminho
sorriamos bebados como sempre sorrimos quando estamos bebados
e nos beijavamos de uma maneira 
que nunca pensei que houvesse possibilidade

Eu sorria como uma criança com esperanças de natal
sentia seu peito nu e minha mão 
percorrendo a extensão de seu corpo
acho que foi um sonho e não foi de inteiro apenas um sonho
como se um segredo entre nós nos ligasse
e eu apenas te via assim me cobrindo com seu corpo de mulher
numa tempestade de energia eu corria dentro de cada sentido seu
e podia ouvir suas forças me chamarem

mesmo que um milhão de jornais nos clicassem
num flash de luz para nos fazer romper os laços
seguraria sua mão e e seguiriamos até outro lugar
onde mesmo que um batalhão viesse nos reprimir
correriamos por fabricas
seriamos como locomotivas
rondando entre chaminés
num poste alto o poster
anunciando o nosso enlace mesmo em sonho




Nenhum comentário: