Aos comentaristas


Devido uma avalanche de comentarios torpes e não identificados, decidimos que só aceitaremos comentarios devidamente identificados e que não contenham mensagens ofensivas, alias se comentar e se identificar, serão permitidas as ofensas. Quem quer debater, tem que ter coragem de se mostrar para que o debate ou critica seja fdemocratico! Okay cara palida?

domingo, 11 de setembro de 2011

José e Maria III

É engraçado olhar em outros olhos novamente
mexer no prato enquanto converso e disfarsar

Parece mesmo que perdi aquele jeito
como se eu não soubesse mais andar

Uma grande peça onde assisto
todos representarem e eu não sei mais como encenar

como posso entender esse jogo se ajudei a testar as regras
se esse jogo quase recebeu nome e eu não deixe
o tempo me levar
sim eu deveria ter me deixado levar com o tempo
ninguem sabe como me tornei isso...

Eu realmente estou no banco de trás de um carro
sendo levado bebado de uma festa ruim?

Enquanto isso por onde ela estará os meus pontos perguntam
e eu não sei como dizer que não sei ao certo onde ela está

Porque esses olhares tão inocentes quando te sirvo uma bebida
esse sorrisinho calmo cujas mãos interceptam em algum momento
eu realmente queria entender suas palavras e esses olhares
o que esses olhares querem dizer quando voce esta me olhando
poderia me dizer se esta me olhando?

É engraçado olhar em outros olhos novamente
ver como tudo ainda pode ser encaixar e ficar ok

Não sei muito bem como dizer aquilo que ficou suspenso no ar
dentro da ultima conversa e voce partiu antes de concluirmos

estrelas vagavam entre nossos papos e olhares naquela mesa
como eu posso te fazer ver isso minha doce amiga

e eu não sei mais como dizer isso pois não consigo sequer
encontrar uma palavra que dê sentido a esse sentimento

Talvez não haja um sentido real dentro dos sentimentose eu apenas recordo
seus olhos verdes dentro daquela conversa ali naquela mesa

Eu nunca pude ser racional e talvez me entregar seja um erro novamente
sei que me darei inteiro novamente e dessa fez faça a entrega valer
pois eu andei dentro da chuva naquela noite até sua festa
e meu casaco preto de soldado sovietico era pra te impressionar

ja nem conversamos como antes conversavamos
palavras polidas para não se perderem na proximidade

eu gostaria de ir ai te ver bem onde voce estiver
não me importo muito em atravessar a cidade para te encontrar
pois eu sempre estive a sua procura e sei disso agora desde aquele dia

Nenhum comentário: