Aos comentaristas


Devido uma avalanche de comentarios torpes e não identificados, decidimos que só aceitaremos comentarios devidamente identificados e que não contenham mensagens ofensivas, alias se comentar e se identificar, serão permitidas as ofensas. Quem quer debater, tem que ter coragem de se mostrar para que o debate ou critica seja fdemocratico! Okay cara palida?

quarta-feira, 7 de setembro de 2011

Cantoras...

Como seria ter um romance com uma cantora? O cinema brinca com esse fascinio a anos, e desde muito isso tem povoado cabeças de caras iguais a mim, pretensos futuros donos de sebos ou lojas de vinis,  em noites de sexta ir ve-la cantar canções sobre nós dois, ver no album algo apenas nosso, ali incluso nalguma colagem ou trocadlho, apelidos, sim ouvi-la dizer palavras de outros e por ela tornar tais palavras nossas, sentir em seu olhar a satisfação de apesar da casa cheia, ela nem se importar tanto com casa cheia, pois eu estou lá e ela esta cantando nossas canções, sentir numa composiçõ sua, um detalhe de nossos dias, saber que centenas, quem sabe milhares se apaixonaram com a canção que surgiu de nossa paixão.
Saber por ela, a partir de tudo isso aquela sensação de ver o sho do back stage, de bater palmas primeiro, de sentir a coisa fluir em primeira mão.
Como deve ser doce, ser amado por uma cantora, acordar e ouvir a voz do radio  do seu lado, poder beijar a boca que canta nossa vida, sentir a beleza e o calor da pele daquela que faz tantos suspirarem a partir dos nossos suspiros, nossas palavras e juras de amor trocadas.
Sim deve ser bom, deve ser um sonho ser amado por uma cantora, morrer de ciumes, morrer de desejo, querer morrer toda tourne, fazer conexões aereas estranhas para passar uma noite ao seu lado, sim deve ser tocante ouvir ela dizer eu te amo numa canção, de uma maneira que só os dois podem entender...
Como eu queria que uma cantora me amasse...

Nenhum comentário: