Aos comentaristas


Devido uma avalanche de comentarios torpes e não identificados, decidimos que só aceitaremos comentarios devidamente identificados e que não contenham mensagens ofensivas, alias se comentar e se identificar, serão permitidas as ofensas. Quem quer debater, tem que ter coragem de se mostrar para que o debate ou critica seja fdemocratico! Okay cara palida?

terça-feira, 30 de agosto de 2011

Tempo

Me dizem que devo escrever poemas de amor
mas me ocorre não saber escrever versos de amor
escrevo versos de dor e ao escreve-los
como que revisito essa dor

ando de um canto a outro dentro de mim eu sigo
pouco importa o vento rompendo as janelas
aqui não há amor eu tento repetir
como quem mente para si eu digo palavras vãs
como se houvesse razão eu ainda sonho
já não há razão eu repito
mas não consigo me ouvir ainda

por isso eu vou
por isso eu sou
nada me diz mais como eu queria que dissesse
num tempo de agora e eu só queria que fosse bem antes
mas não é.

Nenhum comentário: