Aos comentaristas


Devido uma avalanche de comentarios torpes e não identificados, decidimos que só aceitaremos comentarios devidamente identificados e que não contenham mensagens ofensivas, alias se comentar e se identificar, serão permitidas as ofensas. Quem quer debater, tem que ter coragem de se mostrar para que o debate ou critica seja fdemocratico! Okay cara palida?

domingo, 30 de novembro de 2008

Vence na vida quem se vende

As mentiras continuam viciando os ouvidos
com bajulações e falsos conselhos de amor
como me feriu da ultima vez
e foi tão bom enquanto eu não sabia
que podia ser pior e foi bem mais que isso
quando disse aquilo que te ensinaram

vence na vida quem mente
e quem trai é tido como heroi em vida
virtude só é vista no 2 de novembro mesmo
parece que ser bom saiu de moda
humanismo é coisa tão demode
afinal o que interessa mesmo é gritar aos quatro ventos
tudo aquilo que não somos
tudo aquilo que eles não são como se eles fossem

parei no meio da cidade olhei para os predios mais altos
e ouvi as vozes mais diferentes na confusão do dia
na pressa das horas remuneradas ou não
e vi a mentira e ouvi a traição
nenhuma verdade para hoje
afinal no seu cardapio só existe desafeto e pouco caso

quando a dor é uma piada
e vida apenas uma desculpa para se esquecer
perdemos o necessario ao olharmos para dentro apenas
perdemos o que é bom quando dissemos certas coisas
quando rezamos de uma cartilha viciada em mentiras e dor
o que escolhem por voce te faz cegar o que veria
se fosse voce quem escolhecesse por si

Mas tudo bem
vence na vida quem rouba
é bem feliz quem trai e mente e causa dor
entre as cidades com meu tenis de borracha e pano
feito na china possivelmente por uma fabrica de mão de obra semi-escrava
onde crianças trabalham
onde mulheres gravidas trabalham
onde na vida assim como aqui
lá tambem
vence na vida quem causa dor ou mente ou trai ou faz pouco caso

dentro do moralismo revolucionario e pequeno-burgues
do falso-moralismo
essa cortina a esconder a cretinalhia travestida de marxismo
os seres podres escassos de humanidade
repletos de si e de suas vaidades egocentristas
essa cortina a vestir de pompa o que há de pior
entre criticas e pouca ação

o criterio da verdade é a pratica
o criterio da verdade é a pratica
o criterio da verdade é a pratica
o criterio da verdade é a pratica
o criterio da verdade é a pratica
o criterio da verdade é a pratica
o criterio da verdade é a pratica
o criterio da verdade é a pratica
o criterio da verdade é a pratica
o criterio da verdade é a pratica

Um pensamento que pode ser ideia e tambem pode ser apenas contra-ideia
para respirar o ar da apatia com quem ingere o licor da tempestividade
serenos demais em suas farsas de cinema italiano e frances

Mas en então esta feliz agora com tuas colinas de areia e agua
onde pode enfim construir os mais formidaveis castelos de mentira
para atacar reinos de solidez e verdade com a dor que agora faz sentir
e logo tambme por isso sentirá
mas então eu sei que vence quem trai
que é mais feliz quem rouba
e a apatia é mesmo o dom mais divino
nos faz mentir para o melhor de nós com doenças
que nos cegam para o que existe

na vida e no mundo
na vida de farsas ardil para esquecer o mundo e suas dores
nos corrompemos com as sujeiras e sanidades de agora
mas quando enfim do sonho nos acordamos
sabemo que não era sonho o que sonhamos
sabemos ao sentir a dor e a mutilação
que nos causou tentar evitar viver o mundo
ao escolher o que escolheram por nós.
e nunca esqueçam

a pratica é o criterio da verdade.
Todo o resto apenas perfumaria
todo o resto invenção de quem nos engana
todo o resto se afastar da realidade
engraçado mesmo é ver o quanto e triste controverso
vence na vida quem mente
vence quem se nega a lutar e fica em casa
vence quem não quer o bem
vence mesmo quem deveria perder
vence quem deveria estar do nosso lado mas nos trai
e recua e se acovarda

Vence na vida o que é feito para destruir.



Nenhum comentário: