Aos comentaristas


Devido uma avalanche de comentarios torpes e não identificados, decidimos que só aceitaremos comentarios devidamente identificados e que não contenham mensagens ofensivas, alias se comentar e se identificar, serão permitidas as ofensas. Quem quer debater, tem que ter coragem de se mostrar para que o debate ou critica seja fdemocratico! Okay cara palida?

sexta-feira, 3 de outubro de 2008

Junkie

Ando pensando em tudo que não importa mais
talvez eu ponha a casa em ordem e mande tudo que me faz querer mudar pra fora
nunca serei completo se eu for seu
nunca serei o melhor de mim se eu mudar e for outro
pulei da janela no meio da festa caindo de cabeça na piscina nada me aconteceu
pareço melhor agora com algumas noites a menos
pereço melhor agora que sei o quanto posso me esfolar
todas as noites por ai
todas as noites eternas até as oito da manhã para me enganar
o sol de sabado me faz querer ser cego
as tardes de domingo me fazem querer passar a navalha no pescoço
Todos os dias eu saio dentro da noite
eu poderia sair hoje e ver os fogos anunciarem o que chegou
eu poderia sair essa noite com aquela galera e subir até a lua para ver as ondas
descer com meu carro até as marés mais revoltas e conquistar um final alternativo
gosto de me fazer rir com as tragedias gregas e cotidianas
pedaços de angustia e traços de jazz nas horas
tudo esta tão macio e azul
quase posso alcança-la cm minha barba de fidalgo
quase posso rouba-la com meus aneis de pirata e rabino
eu não sei mais nada
o melhor seria ficar um pouco mais alto essa noite e acender aquele cigarro
para colaborar com a nevoa
Vamos sair esa noite e então estou jogando tudo que sou pelo abismo
minha alma eu vendi a algum tempo
tudoque sou eu jogo pelo abismo e pornto
essa noite poderiamos sair
engraçado demais não é mesmo sair por ai e ficar louco sempre
estou indo embora dessa Terra então voce tem algum tempo para conquistar meu coração
portanto entre aqui na sala vamos tomar uma vodka
e dançar essa noite até pelo menos eu esquecer quem sou e pensar que sou parte do seu corpo

Nenhum comentário: