Aos comentaristas


Devido uma avalanche de comentarios torpes e não identificados, decidimos que só aceitaremos comentarios devidamente identificados e que não contenham mensagens ofensivas, alias se comentar e se identificar, serão permitidas as ofensas. Quem quer debater, tem que ter coragem de se mostrar para que o debate ou critica seja fdemocratico! Okay cara palida?

domingo, 26 de outubro de 2008

a grande festa no castelo de triste conde das asturiasquando de seu aniversario de 34 anos de poder e ostentação

Outro amor acabou,como eu sei?
Leio em jornais ou suponho pelas fotos,
tantos romances se rompem,
na angustia de amar
gasta-se todo o amor,
mesmo o que não se pode dar.

Assim do riso se faz pesar
e da recordação um duro golpe,
ao perceber que tudo agora é só saudade.

Outro amor acabou,
tudo que nasce,
nasce mesmo é pra morrer,
mesmo a verdade com o tempo cansa os ouvidos,
angustia da vida,
cada dia nasce e morre
abrindo novas feridas.

Acabou e é o fim,
ja era o esperado,
agora só resta irmos ver
o que sobrou de cada lado.

Um coração ferido demais,
outra manhã e o banho frio
o café amargo lembra o gosto da cura
a maquiagem borrada de outras noites
em outras caras.

Outro amor acabou,
vê agora que tudo acaba,
e não há casa fortenem mandiga ou feitiço certo,
quando o teto desaba
o jeito mesmo é desaguar.

É triste constatar que acabou,
foi necessario rirem juntos ali
se rirem um do outro?
Não sei...
Seria pouco cientifico responder agora e assim,
é certo porem
outro amor acabou,
um chora e o outro segue...
Vale dizer que valeu
foi necessario amar
então agora que tudo acabou
ainda é necessario começar um sonho
se mais cedo ou mais tarde
não importa haverá sempre a hora de acordar
outro amor acabou...

Nenhum comentário: