Aos comentaristas


Devido uma avalanche de comentarios torpes e não identificados, decidimos que só aceitaremos comentarios devidamente identificados e que não contenham mensagens ofensivas, alias se comentar e se identificar, serão permitidas as ofensas. Quem quer debater, tem que ter coragem de se mostrar para que o debate ou critica seja fdemocratico! Okay cara palida?

domingo, 5 de outubro de 2008

Essa noite vou esquecer seu nome de uma vez

Parece incrivel eu ja quis ser melhor
pode rir se quiser eu não me importarei
tenho algum tempo antes de ir para casa
posso dar voltas e voltas
até realmente chegar onde eu desejo

chutar uma lata pelo caminho
arrumar a jaqueta para afastar o frio
como seria bom abraça-la agora
como seria bom poder leva-la até sua casa
ouvir seu sorriso e contar o dia

eu nunca saberei como seria ter isso
coisas como conhecer sua estrela no céu
coisas como passear no domingo pela tarde
eu nunca saberei realmente como seria ter isso

Parece uma piada não é mesmo
pode rir se quiser eu não me importarei
tenho algum tempo antes de pegar o onibus
então pode dar todas as voltas necesarias
até realmente chegar onde desejar ficar

costumo gastar muito tempo com a dor
parece terrivel para quem vê
e é ainda pior para quem sente sabia
não eu não sou um anjo me martizirando
e talvez essa culpa seja medo de amar
mas eu queria tanto poder olhar nos seus olhos
olhar nos seus para enfim lembra-los pela eternidade

eu não tenho mais sonhos
e é ate aceitavel não sonhar quando não se dorme
pareço triste demais e não apenas pareço
talvez passe na proxima vida
e eu tenho a ligeira certeza não existe proxima vez

onde esta voce agora
onde esta voce agora
e eu sou aquele anjo tolo que voa e voa
eu não sei mais como chorar
e não eu não sei mais como dizer tudo
o vocabulario da dor me cansou a alma

adeus amor quando nunca nos vimos por completo
só eu sei a face real do que senti
somente eu fui realmente liberto do que é pequeno
e adeus voce me fez amar e o amor me libertou de voce

essa noite eu esqueci seu nome...

Nenhum comentário: