Aos comentaristas


Devido uma avalanche de comentarios torpes e não identificados, decidimos que só aceitaremos comentarios devidamente identificados e que não contenham mensagens ofensivas, alias se comentar e se identificar, serão permitidas as ofensas. Quem quer debater, tem que ter coragem de se mostrar para que o debate ou critica seja fdemocratico! Okay cara palida?

quinta-feira, 6 de março de 2008

Sou poeta

Alguem sabe o que anda acontecendo em mim
pois o jardim perdeu o encanto as meninas parecem feias
e a vida é um intervalo entre as noites
eu costumava começar os versos assim...
Agora alguem sabe onde foi parar o lirismo infantil e doente quase sempre?
Talvez eu esteja na primavera
suspeito de outro outono em suas fotografias
Não ela não me fará feliz
alguns opinam cheios de uma certeza cautelosa e amiga
Mas nesse março de sol e calor estou recolhido aos cuidados da cama
quase não chove nessa tentativa de cidade
aqui é verdade não nenhum mexico insurgente e saudoso
aqui é verdade estou sozinho como uma centena de outros caras
mas ela que é linda e suave como uma romã
tambem esta aqui
eu não sei mais fazer versos tudo que me ocorre é ela
eu que errei por um bom periodo
hoje não sei por onde começar é que na tentativa a gente esquece
a razão do intento
Ocorre que me cansei de ser aquilo e salvo me entrego combatente
aos olhos que sequer me olham
A verdade é que não sei mais por onde ando
pois toda noite me aguarda com alguma razão humana de esquece-la
Mas sou poeta...

Nenhum comentário: