Aos comentaristas


Devido uma avalanche de comentarios torpes e não identificados, decidimos que só aceitaremos comentarios devidamente identificados e que não contenham mensagens ofensivas, alias se comentar e se identificar, serão permitidas as ofensas. Quem quer debater, tem que ter coragem de se mostrar para que o debate ou critica seja fdemocratico! Okay cara palida?

segunda-feira, 24 de março de 2008

Biologia e Historia

ele dormiu o dia inteiro
ela trabalhou bastante

enquanto ele conversa no patio
ela aparece no patio

ele vai puxar assunto sobre seu colar
ela vai sentar no banco e dar trela

Vão trocar as primeiras impressões
notar detalhes em segredo
Samsa...
Samsa...

Ela vai o convidar para um filme
enquanto ele só conseguirá titubiar

algumas amigas vão chama-la
e ele só vai se arrepender de não ter respondido de pronto

Cravos e bromelias poderiam compor um lindo jardim
cravos e bromelias conversam no patio
no centro do samsa
samsa...
samsa...

Ela usa o samsa no pescoço
ele tem o samsa no quarto

parece que tudo vai dar certo
será que eles darão certo

ele dorme o dia inteiro a noite ele sai para beber
Cravos e bromelias
no mesmo
Parque
cravos e bromelias
na mesma
Escola

Ela faz biologia
ele faz historia

branca,branca e loira e branca e linda

historia ele
ela biologia

Samsa...
Samsa...
Ela usa o samsa
o samsa trará sorte para eles

Ele quase não sorri e é pura timides
ela lembra a infancia e a paz em sua vida

ele não tem muito o que falar
ela conversa e observa
ele apenas cala olhando sua boca

todos vão torcer para tudo dar certo
e vai rolar festinha se tudo rolar nos conformes

será que irão se entender
todos rezam pelo sim

Ele vai chama-la para sair
e ensaiar algo para dizer naquela hora
1,2,3 vezes vai repensar

passará por um corredor
e ao encontra-la vai fingir ser casual
e ela foi simpatica
ao supor surpresa

ela passa e não olha
com algum amigo conversando vai sorrir
parece que enfim alcançamos
um estagio irreversivel
ele e seus amigos
alguma bebida e o bar
gente passeando pelo caminho
as noites parecem enfim
ter chegado a potencia infinita para os dois

Parece que tudo o que fizeram
foi chegar até ali
todos os encontros de antes
tanto para ali

Como crianças cujo brinquedo ensina
eles teriam que se encontrar
em algum ponto seriam menores
se não se completassem ali

Ele bebeu demais esses tempos
o sorriso dela é uma ideia recorrente nele
Ele saiu com tantas garotas
e tudo o que ele fez foi para chegar até ali

Parece que enfim eles se encontraram
cravos e bromelias no mesmo jardim
e aquela cerveja gelada no intervalo
assim como crianças brincando
olhos cansados do comum
sim tudo que fizeram foi chegar até ali

Samsa...
Samsa...

Ela conhece quase todo mundo no campus
os olhos dele parecem confusos quase infantis
talvez ela desejasse apenas transparecer simpatia
e tudo o que fizeram foi para chegar até ali

todos dançam nessa cena
ele e ela parecem formar um dos pares

Samsa...
Samsa...

Até agora o tempo apenas cooperou.

Nenhum comentário: