Aos comentaristas


Devido uma avalanche de comentarios torpes e não identificados, decidimos que só aceitaremos comentarios devidamente identificados e que não contenham mensagens ofensivas, alias se comentar e se identificar, serão permitidas as ofensas. Quem quer debater, tem que ter coragem de se mostrar para que o debate ou critica seja fdemocratico! Okay cara palida?

sexta-feira, 15 de fevereiro de 2008

Flores vivas!!!


Hoje vi mais uma vez o arbítrio manter a fome.Vi o suor nos rostos, por serem feitos, de sofrimento, e vendo alimentos serem jogados ao descaso ao passado ao lixo... aos sacos, que sustentam o mínimo de feição a dignidade descrente e febril que é consumida por intempéries subjetivas.... pela frivolidade do futuro pomposo e pessoal e não pela imediaticidade da vida agoniante.
o mundo está desencantado, mas estamos nele... somos refeições não feitas.... embriaguez analgésica... brio em goles secos.
o tempo vai tomando nossas forças e mais forte fica o mundo que não é nosso.
Mais imaginário, arbitrário e carcerário o tempo se torna para nós...

Precisamos "arrancar as flores imagináras dos grilhões, não para que o homem os suporte sem fantasias ou consolo,mas para que lance fora os grilhões e a flor viva brote!" 1

Não gosto de ver quem constróe grilhões acorrentados de miséria e sem mesmo flores desesperadas em esperança...
Gosto menos de ter que supor matar as flores e lustrar o metal que marca nossos punhos...
Há quem defenda os grilhões, a fome o descaso.... há quem ignore tudo isso.... ignoram- nos que estamos no mundo desencantado para estes que estão entre mas estão opostos.
Juro que olho à todos nos olhos, espero ter meu rosto com feições humanas, ao menos enquanto for contra todas estas banalidades, estas inseguranças arrogantes que saciam egos inflamados, lutaremos por nosso mundo sem analgésicos...talvez morramos...talvez de fome...

Levaremos as flores vivas até o final!!!!


1- Karl Marx- introdução a crítica da filosofia do direito de Hegel

Nenhum comentário: